sábado, 5 de junho de 2010

Crônica da Sala

Entrei na sala de aula, me deparei com pessoas. Pessoas que conheço, outras que nunca vi na vida, umas sorridentes, outras mais sérias, umas atentas no professor, outras prestando atenção nos outros. Mas todos ali com o mesmo objetivo.
Quando falamos em sala o que nos vem a mente são, paredes, alunos, professores, cadeiras, quadro. Mas quando entrei, vi que não estava entrando em uma sala qualquer, estava na SALA. Pessoas de comunicação não poderia ser aquela mesma imagem que carrego do meu ensino médio, mas sim uma sala com maior produtividade, com participações mais competitivas e ativas.
Apesar de tantas qualidades, as possibilidades de convivência são mínimas. É claro que fora da sala vai ter aqueles encontros nas festas, ou até mesmo na cantina da faculdade mas sempre havendo uma seleção de companhias.
Enfim transformar o cotidiano em algo prazeroso nem sempre é uma coisa fácil, mas sempre quando entro em uma sala para fazer um curso não consigo deixar de sentir uma emoção, uma nastalgia de um tempo que não volta, mas que deixou boas lembraças.

Um comentário:

  1. olha só, Muito boa tua crônica.
    é uma crônica msm né? rs

    ResponderExcluir